Episódios de hipoglicemia que ocorrem durante o sono

Blog

Episódios de hipoglicemia que ocorrem durante o sono

A Hipoglicemia é a redução dos níveis de glicose (açúcar) no sangue. E, sendo a glicose a principal fonte de energia que possuímos no organismo, a sua queda produz diversas consequências, bem como sinais característicos, como fraqueza, suor, tremores, entre outros.

Controlar e conviver com a Hipoglicemia não é uma tarefa impossível; pelo contrário, a pessoa que cuida de forma correta e busca seguir as orientações médicas, tem uma vida normal e com bastante qualidade.

Porém, existe um ponto importante e que devemos estar sempre atentos: a Hipoglicemia durante a noite e, especificamente, durante o sono.

Hipoglicemia – o perigo da ocorrência durante o sono

Uma das maiores dificuldades de quem convive com a Hipoglicemia é a ocorrência durante o período do sono. Isso porque, pelo fato de estar inconsciente, a pessoa não tem condição de perceber que os sintomas da queda de açúcar no sangue estão ocorrendo.

Esse é um ponto importante e que devemos tratar com bastante cuidado, pois podem gerar complicações muito graves para a saúde do paciente e, até mesmo, levar à morte.

Hipoglicemia – ocorrência e cuidados para evitar a Hipoglicemia noturna

Como sabemos, a ocorrência de Hipoglicemia noturna é um grande risco para os pacientes e há alguns casos muito característicos de incidência neste período.

Foi pensando em ajudá-lo na prevenção, na percepção da ocorrência e nos cuidados que separamos algumas informações importantes sobre este assunto.

Veja quais são os episódios mais comuns de Hipoglicemia durante a noite, suas causas e como evita-los:

  • O CONTROLE DAS TAXAS DE AÇÚCAR – antes de ir para a cama dormir, é fundamental que você verifique a sua taxa de açúcar no sangue. Esse é um importante parâmetro para o controle. Caso verifique que as taxas estão muito baixas, alimente-se, faça um lanche saudável para equilibrar o seu nível glicêmico. Existe uma grande taxa de ocorrência em pacientes que negligenciam esse controle.
  • FAMILIARIZE-SE COM OS SINTOMAS – é claro que, estando dormindo, é provável que você não consiga perceber a ocorrência de Hipoglicemia. Todavia, é fundamental que comece a se familiarizar com os sintomas para que seja possível se antecipar ao problema. O cansaço excessivo é um parâmetro importante de ocorrência de Hipoglicemia. Percebendo isso, evite dormir antes de equilibrar as suas taxas.
  • A IMPORTÂNCIA DO JANTAR – o jantar é essencial para evitar a Hipoglicemia noturna. Uma das principais causas da ocorrência é o paciente não ter feito a alimentação adequada no período da noite. Dietas sem orientação médica, maus hábitos alimentares, excesso de horas trabalhadas acabam levando muitos pacientes a se alimentarem mal à noite, substituindo o jantar saudável por lanches.
  • CONSUMO DE ÁLCOOL – o consumo de álcool também deve ser evitado à noite. Após ingeri-lo, o álcool diminui as taxas de glicose no sangue, o que pode culminar com uma ocorrência de Hipoglicemia enquanto você estiver dormindo. Casos de Hipoglicemia noturna são comuns em pacientes que ingerem álcool em ocasiões de festas, por exemplo (ou mesmo por negligência).
  • ATIVIDADES FÍSICAS – atividades físicas durante a noite devem ser evitadas, se possível. Mas, quando o paciente só tem esse período do dia para realizá-las, é importante monitorar as taxas de açúcar antes, durante e depois dos exercícios. A alimentação adequada deve ser orientada pelo médico ou nutricionista e, a carga de exercícios, pelo profissional de Educação Física.
Compartilhe em suas redes sociais:
Share on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
EasyGlic
Bruno Ribeiro Soares
Sem comentários

Postar um Comentário

Comente
Nome
E-mail
Website