Cuidados com a Diabetes gestacional

Blog

Cuidados com a Diabetes gestacional

A gravidez é uma fase maravilhosa na vida de uma família. Para a mulher, em especial, é um período de descobertas, crescimento, aprendizado e também de muito cuidado com a saúde, dela e do bebê. E, neste contexto, o Diabetes precisa ser olhado com bastante atenção.

Quando nos referimos ao Diabetes na gravidez, há duas situações que precisamos olhar de perto:

  • A mulher já possuía Diabetes e engravida.
  • A mulher não possuía, engravida e adquire o Diabetes Gestacional.

Diabetes Gestacional – entenda um pouco mais sobre isso

Em geral, o Diabetes Gestacional ocorre no primeiro trimestre da gravidez e sua causa está relacionada a uma resistência à insulina gerada por hormônios da gestação.

Após a gestação, geralmente o Diabetes Gestacional desaparece, mas existem casos em que evolui para um Diabetes do Tipo 2 ou surge numa nova gestação.

Independente da situação, o tratamento deve ser iniciado ainda na gestação, por meio de remédios indicados pelo médico ou com uma dieta adequada à situação.

Burlar esse quadro ou postergar o início do tratamento é um risco enorme para a saúde da mulher e do bebê.

Após o parto, os cuidados com a alimentação devem continuar, pois há risco de o bebê desenvolver um Diabetes na adolescência ou ficar obeso.

Diabetes Gestacional – sintomas comuns

Outro importante ponto que precisa ser mencionado é a dificuldade existente em se detectar o Diabetes Gestacional, pois diversos sintomas apresentados são comumente confundidos com algumas alterações que são típicas da gravidez.

Veja só:

  • Excesso de sede.
  • Aumento do peso da grávida e do bebê.
  • Pés e pernas inchados.
  • Excesso de fome.
  • Vontade de urinar em excesso.
  • Muito cansaço.
  • Infecção urinária e candidíase.
  • Visão turva.

Em função dessa dificuldade de detectar o Diabetes Gestacional, geralmente o médico solicita exame da glicose, no mínimo, três vezes durante o período gestacional.

Diabetes Gestacional – tratando a doença

Tratar o Diabetes Gestacional é algo que precisa ser definido pelo médico e é indispensável que a gestante não tome atitudes de forma autônoma, pois o profissional é sempre o mais indicado para resolver este problema e diminuir os riscos de danos para a mulher e seu bebê.

Na maioria dos casos, o início do tratamento do Diabetes Gestacional é feito com uma dieta e introdução de exercícios físicos regulares. Mas, de acordo com a análise dos exames, há casos em que a quantidade de açúcar no sangue é elevada. Nestes casos, o médico opta pela introdução de medicamentos.

Diabetes Gestacional – cuidados

Nem sempre é possível evitar o Diabetes Gestacional, pois o seu surgimento está diretamente ligado às alterações de hormônios que são típicos da gravidez.

Porém, é indispensável que a gestante adote medidas que aumentem a possibilidade de viver uma gravidez longe deste problema.

Tome nota de algumas práticas importantes e indispensáveis:

  • Alimentação saudável e orientada pelo médico ou nutricionista.
  • Prática regular de exercícios moderados.
  • Realização de um pré-natal.
  • Ganho de peso de maneira lenta, gradual e saudável.
Compartilhe em suas redes sociais:
Share on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
EasyGlic
Bruno Ribeiro Soares
1Comente
  • Postado em21:08, 9 de May de 2018

    muito bom o artigo sobre diabetes.

Postar um Comentário

Comente
Nome
E-mail
Website