14 de Junho – Dia Mundial do Doador de Sangue

Blog

14 de Junho – Dia Mundial do Doador de Sangue

Doar sangue é um ato humanitário que enobrece e traz uma satisfação enorme já que por meio dessa atitude, você está ajudando a salvar vidas!!!

Uma doação, um gesto, quatro vidas salvas!

 

Doar sangue é rápido, fácil e seguro. Não existe o risco de contrair qualquer doença infecciosa. A duração média da doação é de 50 minutos a 1 hora, incluindo o tempo de todo o processo: cadastro, pré-triagem, triagem, coleta do sangue e lanche. No momento da doação serão retirados aproximadamente 450 ml de sangue, que serão coletados em uma bolsa plástica com todos os seus componentes descartáveis e que já tem uma quantidade padronizada de anticoagulante.

 

Números no Brasil

No Brasil, segundo o Ministério da Saúde, 1,8% da população doa sangue com regularidade. O percentual fica um pouco abaixo do ideal estimado pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), de 2% da população, como necessário para suprir as necessidades de sangue e outros componentes sanguíneos de um país. Em média, os países da América Latina e do Caribe coletam sangue equivalente a 1,5% de sua população. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que, pelo menos, 1% da população seja doadora de sangue.

De acordo com o Ministério da Saúde, em 2015, cerca de 1 milhão de pessoas doaram sangue pela primeira vez, o que representa 38% do total das doações. Mais 1,6 milhão de pessoas, ou 62% do total, retornaram para doar. Foram feitas 3,7 milhões de coletas de bolsa de sangue no país, resultando em 3,3 milhões de transfusões.

No Brasil, pessoas entre 16 e 69 anos podem doar sangue. Para os menores (entre 16 e 18 anos), é necessário o consentimento dos responsáveis, e entre 60 e 69 anos a pessoa só poderá doar se já o tiver feito antes dos 60 anos. É preciso pesar, no mínimo, 50kg e estar em bom estado de saúde.

 

O candidato deve estar:

  • Pesar mais de 50 quilos;
  • Estar descansado;
  • Não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas quatro horas;
  • Não ter recebido transfusão de sangue nos últimos 12 meses;
  • Não estar com febre, gripe ou resfriado;
  • Se mulher, não estar grávida, amamentando ou ter tido parto normal ou aborto há menos de três meses. Em caso de cesárea, seis meses;
  • Após aplicar piercing aguardar três dias para doar;
  • Após fazer uma tatuagem aguardar 12 meses;
  • Após vacina da gripe ou rubéola aguardar 30 dias.

Em uma doação são coletados no máximo 450 ml.

No dia da doação, é imprescindível levar documento de identidade com foto.

Para mais informações sobre pré-requisitos, cuidados e outras dúvidas, é só acessar o site Eu dou Sangue.

EasyGlic
Bruno Ribeiro Soares
Sem comentários

Postar um Comentário

Comente
Nome
E-mail
Website