Exagerou no açúcar e passou mal? Você pode ter tido hipoglicemia reativa.

Blog
homem tendo hipoglicemia

Exagerou no açúcar e passou mal? Você pode ter tido hipoglicemia reativa.

O consumo de açúcar tem aumentado a cada dia. Esse péssimo hábito alimentar, ao longo do tempo, sobrecarrega o metabolismo. As consequências para o corpo são enormes. Uma delas é a Hipoglicemia reativa, também chamada de hipoglicemia de rebote.

As refeições com excesso de carboidrato e açúcar podem desregular alguns mecanismos internos do corpo, afetando a liberação correta da insulina no sangue.

Com isso, diversos sintomas bem desagradáveis (mas necessários) começam a aparecer e devem ser revertidos o mais rápido possível.

Entenda melhor a hipoglicemia reativa e suas causas.

O que é hipoglicemia reativa?

A hipoglicemia reativa é consequência de uma sobrecarga de açúcar no sangue. Quando comemos alimentos muito doces e cheios de carboidratos, nosso organismo é obrigado a liberar uma enorme quantidade de insulina – para equilibrar os níveis de glicose.

Algumas vezes, esse processo pode ter efeito rebote. 

Vamos ilustrar com uma cena para ficar mais claro: imagine um rio que inunda a cidade. A prefeitura decide aterrar o rio para acabar com o problema. E o que acontece? A população fica sem água.

É como a hipoglicemia reativa. Quando o açúcar “inunda” o corpo, a insulina entra em ação em doses altíssimas para solucionar o problema.

Porém, acaba tirando açúcar demais do sangue. E isso se transforma em um quadro de baixa glicose.

Quais são os sintomas e como diagnosticar?

Na hipoglicemia reativa, as células nervosas deixam de receber a quantidade de glicose adequada. Dessa forma, os neurônios passam a agir lentamente, causando sintomas de cansaço, desequilíbrio e outros.

Os efeitos mais comuns são:

  • Sudorese
  • Fome
  • Fadiga
  • Tontura
  • Enjoo
  • Palpitações
  • Tremores
  • Sensibilidade a luz
  • Vontade de comer alimentos doces
  • Irritabilidade
  • Dor de cabeça

É importante prestar atenção em como o seu corpo reage depois de uma alimentação rica em carboidratos.

Se os sintomas listados acima forem frequentes, é provável que o motivo do desconforto seja o pico de insulina constante.

A melhor forma de não estender o quadro de hipoglicemia reativa é consumir o mais rápido possível alguma fonte de açúcar. Em casos mais graves, nos quais o paciente não consegue voltar ao normal, é necessário que ele seja levado ao hospital.

A hipoglicemia reativa tem relação com alguma doença ou com a prática de exercícios físicos?

Nem sempre a hipoglicemia reativa tem relação com alguma doença. Ela pode acontecer com qualquer pessoa que tenha consumido altas doses de açúcar ou carboidrato.

Porém, ela pode ocorrer com mais frequência em:

  • Pacientes diagnosticados com Síndrome de Dumping.

Cerca de 15% dos pacientes que se submeteram a cirurgia de redução de estômago desenvolve a síndrome.

  • Pessoas que possuem deficiência em certas enzimas, entre elas os intolerantes à frutose e os pacientes com Galactosemia.
  • Praticantes de atividades físicas intensas, que tomam suplementos a base de carboidratos.

A hipoglicemia reativa ocorre entre 1h30 a 3 horas após a ingestão do último alimento.

Antes de praticar exercícios físicos, o ideal é comer carboidrato de baixo índice glicêmico. Isso se você não for um atleta de alto rendimento.

O corpo deve ser alimentado com a quantidade certa de glicose. Nem muito baixa, nem muito alta. É importante evitar os picos de insulina.

Tente sempre incluir fibras e proteínas em suas refeições, para que o açúcar dos alimentos não seja absorvido rapidamente no organismo.

Você já vivenciou um quadro de hipoglicemia reativa?

Compartilhe com a gente o seu relato. Ele pode ser útil para outras pessoas.
EasyGlic
Bruno Ribeiro Soares
4 Comentários
  • Postado em17:55, 25 de junho de 2017

    Tenho Diabetis melitus Tipo 2 , e fiz redução de estômago, mas continuo tomando Glifage 500mg , mas de vez em quando da essas reações , mas a glicose está controlada e normal acontecer isso ?

  • Françoise Ramos
    Responder
    Postado em01:36, 9 de novembro de 2017

    Eu achava estranho todas as vezes que comia um doce apos o almoço ou 2 hora apos o almoço eu ficava como se estivesse bêbada. Zonza , cansada , e com um sono incontrolavel. Entao eu deitava por 1 hora e dormia. Passado este tempo eu acordava com uma alucinaçao por acucar. E super mal humorada. Fiz o exame e constatou hipoglicemia reativa

  • Valdir Carvalho
    Responder
    Postado em18:58, 9 de novembro de 2017

    Útil o artigo. E eu nem sabia disso. É utilidade pública na veia. Parabéns.

  • Claudia Renata da Silva Castro
    Responder
    Postado em19:35, 3 de janeiro de 2018

    Sofro de Hipoglicemia reativa ha 2 anos.
    Comecei a perceber que ce4ca 1 horas apos minhas refeicoes eu sentia um sono excessivo, tontura, chegava a ficar tão mal que perdia meu senso de direção.
    Realizei o exame e fui diagnosticada.
    Primeiro passo o corte total do açúcar em minha dieta.
    Hoje faço acompanhamento com nutricionista o que muito me ajudou.
    O importante é se alimentar de 3 em 3 horas, com baixo teor de açúcar e carboidratos, evitando assim as crises frequentes.

Postar um Comentário

Comente
Nome
E-mail
Website