A hipoglicemia e o esporte

Blog

A hipoglicemia e o esporte

Um esportista necessita, em média, entre 1 grama ou 5 milimoles de glicose por litro de sangue. Se alguma vez, durante os treinos ou até mesmo durante uma competição, você já sentiu algum desconforto, mal-estar ou fadiga súbita, vale levar em consideração medir o índice glicêmico. Estes podem ser sintomas de uma hipoglicemia reacional.

A prática constante de esportes, principalmente se forem de forte intensidade, exige disciplina alimentar. O equilíbrio de nutrientes é imprescindível para que o corpo esteja preparado e mantenha-se bem durante as atividades físicas. A diminuição dos níveis de glicose para, por exemplo, taxas entre 0.8 a 0.6 gramas, provoca um quadro de hipoglicemia gerando distúrbios imediatos no equilíbrio natural do organismo.

As causas e sintomas da hipoglicemia durante a prática de esporte

A falta de glicose, portanto, é o que faz com que a hipoglicemia aconteça durante a prática de esportes. Alguns descuidos na rotina alimentar podem contribuir para isso. Uma alimentação diária irregular ou insuficiente não deixa o corpo apto para atividades físicas. A prática de esporte precisar ser acompanhada de uma dieta regrada e rica em nutrientes. Mantar-se hidratado também é importante para um bom desempenho e para a saúde de maneira geral.

hipoglicemia também pode acontecer durante exposições por períodos muito longo a exercícios com alta intensidade, como maratonistas, por exemplo. As pausas e a redução de esforço em alternância com os exercícios mais intensos durante a prática, diminui os riscos de que a hipoglicemia aconteça.

Os sintomas da hipoglicemia podem variar de pessoa para pessoa, mas de forma geral podem ser identificados por uma queda súbita de energia acompanhada de tremedeira, nervosismo, fadiga, fome e distúrbios de visão.

Para um controle imediato da situação, pode-se fazer a ingestão de alimentos doces, como um suco de frutas ou uma bala, por exemplo. Caso haja a frequência constante desses sintomas, é importante consultar um médico para determinar quais as causas da hipoglicemia e receber as orientações corretas para o caso.

Praticar esportes faz bem

Sim! Sempre! Atividades físicas fortalecem o corpo e favorecem o funcionamento dos hormônios que regulam a glicemia no organismo, além de ajudar a combater o estresse, que também pode ser um fator relevante para desencadear uma crise de hipoglicemia.

Para evitar a hipoglicemia na prática de esporte

  • Na rotina alimentar, manter horários fixos para as refeições que podem ser feitas de 3 em 3 horas em pequenas quantidades. Isso mantém o equilíbrio corporal.
  • Antes da prática é interessante ingerir carboidratos de ação lenta.
  • Durante o esporte é interessante ingerir alguns goles de uma bebida saudável e levemente açucarada ou comer uma barra de cereais, por exemplo.
  • Ter uma garrafa de água sempre à mão.
  • Intercalar a intensidade dos exercícios.
EasyGlic
Bruno Ribeiro Soares
1Comente
  • Sileise Vieira da Silva
    Responder
    Postado em22:02, 31 de janeiro de 2018

    Faco hipoglicemias severas mesmo fora das atividades físicas, acho bem interessante este aparelho, estou aguardando um transplante isolado de pâncreas, devido as hipoglicemias repetitivas, no momento estou desempregada mas gostaria de saber as formas de pagamentos, sou usuária de bomba há 11 anos e 6 meses. tenho a Diabetes há 43 anos…

Postar um Comentário

Comente
Nome
E-mail
Website