Diabetes: 422 milhões de pessoas têm a doença

Blog

Diabetes: 422 milhões de pessoas têm a doença

diabetes vem crescendo ao redor do mundo. Os dados são preocupantes e nos faz traçar um paralelo entre os hábitos de vida atuais e a evolução da doença. Entender os números sobre o diabetes é uma forma de conscientização e um incentivo à prevenção.

 

No artigo de hoje, vamos mostrar para você a história resumida do diabetes e os números dele no Brasil e no mundo.

 

Apenas por curiosidade: até 1997, o dia 27 de junho era considerado o Dia Nacional do Diabetes. Porém, a data foi agregada ao Dia Mundial do Diabetes, que acontece em 14 de novembro. 

História do diabetes

Os primeiros indícios de casos de diabetes partem do ano 400 a.C. Os relatos indicavam que a urina de algumas pessoas era doce, e aquilo poderia ser um sinal de doença. Essa desconfiança abriu caminho para uma investigação ao longo dos anos, com o objetivo de descobrir uma possível disfunção no metabolismo de alguns pacientes.

 

Veja abaixo a ordem cronológica do descobrimento do diabetes no mundo.

Linha do Tempo da Diabetes

Documentos Hindus de Susruta relatam que alguma substância poderia estar modificando a composição da urina, tornando-a doce.

Arateus, da Capadócia, descreve não só a característica doce da urina, como também o seu excesso. Pacientes começavam a se queixar em relação a quantidade de urina que produziam ao longo do dia.

Somente em 1776, segundo os registros históricos, o inglês Mathew Dobsona confirma a presença de açúcar na urina de alguns pacientes.

Médicos da Inglaterra, Alemanha e França analisam o pâncreas de alguns diabéticos e detectam problemas em seu funcionamento, como algumas atrofias em suas funções normais.

Von Mering e Minkowski iniciam experimentos para tentar identificar o que acontecia com o pâncreas de algumas pessoas. Os dois estudiosos passam a observar a urina de cachorros sem pâncreas e descobrem que há grande quantidade de glicose excretada.

Durante o período, os estudos se tornam mais específicos, focados na anatomia do pâncreas e no funcionamento da insulina. Um novo experimento é realizado em humanos. O cirurgião F. Banting (foto) e sua equipe injetam insulina – proveniente de animais – em um paciente com diabetes. Os resultados desse experimento são satisfatórios. A doença passa a ser  controlada.

A insulina começa a ser manipulada quimicamente e novos medicamentos são criados para diminuir a resistência à insulina em pacientes com diabetes tipo 2.

Os estudos têm se firmado na questão de que o controle do diabetes tipo 1 e 2 deve ser feito antes mesmo das complicações aparecerem. Ou seja, com alimentação correta e outros cuidados.

O diabetes no Brasil

O diabetes tem crescido no Brasil ao longo dos anos. Segundo dados da Vigitel, o número de diagnósticos de diabetes subiu de 5,5% (2006) para 8,9% em 2016.

 

Pesquisa Nacional de Saúde 2015 relatou que o diabetes atinge 9 milhões de brasileiros. Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes, esse número é ainda maior, em torno de 12 milhões de pessoas, pois muita gente ainda não sabe que tem a doença. Por ano, 72 mil pessoas morrem no país por causa do diabetes.

 

Um outro dado preocupante é sobre o conhecimento das complicações causadas pela doença. Apenas 3% dos brasileiros sabem o que é uma complicação grave, como por exemplo, complicações cardiovasculares. Os efeitos mais conhecidos pelo senso comum são a cegueira e problemas de cicatrização.

 

O diabetes no mundo

 

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os casos de diabetes no mundo praticamente quadruplicaram. Em 1980, estimava-se que o número de adultos vivendo com a doença seria de 108 milhões de pessoas. Em 2014, esse número pulou para 422 milhões de pessoas.

 

Os países em desenvolvimento são os mais prejudicados. Uma das razões é a alimentação rica em carboidratos, produtos industrializados e doces. A OMS encoraja os governos ao redor do mundo a tomarem ações contra o diabetes para que haja uma diminuição nos números.

Agora que você já sabe sobre os dados do diabetes no Brasil e no mundo, compartilhe essas informações com a sua família e amigos.

EasyGlic
Bruno Ribeiro Soares
Sem comentários

Postar um Comentário

Comente
Nome
E-mail
Website